top of page
Buscar
  • Foto do escritorProseg Seguros

Sem seguro, veículo avaliado em R$ 1,3 mi pega fogo acusa perda total

Especialista destaca funcionamento de apólice


Uma Lamborghini, ano 2008 conversível, avaliada em RS 1,3 milhão, pegou fogo no último sábado (25), na Região Centro-Sul de Belo Horizonte (MG). O proprietário do veículo informou que o mesmo não possuía seguro. As informações são do site Estado de Minas.


De acordo com informações cedidas pelo Corpo de Bombeiros, o incêndio não deixou feridos e as causas do mesmo ainda não foram identificadas.

Em entrevista ao CQCS, o advogado, corretor de seguros e diretor do Sincor-DF, Dorival Alves, ressalta ser absolutamente raro que um veículo desse porte sofra com um incêndio que não tenha sido causado por alguma pane elétrica mediante intervenção de terceiros, o que não passaria pela responsabilidade dos fabricantes.


O especialista destaca que ao contratar uma apólice de seguro para um veículo importado, esportivo, com importância segurada superior a 1 milhão de reais é considerada apólice especial, tendo em vista que poucas companhias seguradoras operam nesse segmento, com aceitação para este tipo de veículo.


“Cada companhia segurado tem o seu perfil de trabalho, algumas delas buscam especializam nesse veículos de luxo, então, não existe concorrência e o proprietário deste tipo de veículo tem poucas opções para contratar uma apólice de seguro que possibilite uma cobertura ampla, com colisão, incêndio, roubo, que tecnicamente é chamado de cobertura compressiva”, disse Dorival.


Por fim, o especialista pontua que apesar das dificuldades de aceitação do seguro destes tipos de carro de luxo, é imprescindível a contratação de uma apólice de seguro.


Fonte: CQCS

8 visualizações0 comentário

Comments


bottom of page