Buscar
  • Proseg Seguros

Seguro cobre prejuízos de automóveis danificados na tragédia em Petropólis


Foto: Reprodução/TV Globo


Foi decretado estado de calamidade pública na cidade de Petrópolis, Região Serrana do Rio de Janeiro, após uma tempestade que atingiu a cidade na última terça-feira. De acordo com o Corpo de Bombeiros, já chegou a 104 o número de vítimas fatais. No cenário de destruição é possível encontrar carros que foram arrastados pela água, outros ficaram submersos, alguns até mesmo em cima de outros veículos, além de ônibus e caminhões espalhados.


Além dos carros que foram encontrados pelas ruas, outros ficaram presos nas garagens por conta do nível de água ou queda de barreiras. “Para esses casos, o produto automóvel oferece cobertura, desde que haja a contratação específica do seguro compreensivo, que também é conhecido como seguro total ou completo”, explicou o consultor Sergio Ricardo em entrevista ao CQCS. Esse produto oferece as coberturas mais amplas que o auto e roubo. A cobertura compreensiva cobre o segurado em casos de colisão, incêndio, furto, roubo e danos causados pela natureza.


Em situações como a da tragédia em Petrópolis, as companhias do mercado, geralmente, criam iniciativas para oferecer suporte à população local e a seus segurados. Foi o exemplo da Tokio Marine, que reforçou a equipe de prestadores de serviços de assistência para Petrópolis e está fazendo a remoção imediata dos veículos atingidos e realizando doação de água para a cidade. A companhia deslocou peritos para a região a fim de agilizar o processo de identificação e pagamento das Indenizações. Os veículos que tiveram alagamento completo estão sendo recolhidos diretamente e a partir desta quinta 17 já iniciaremos a abertura dos processos para e realizar a indenização imediata.


Outra seguradora que implementou uma ação especial foi a Porto Seguro, que mobilizou sua equipe de profissionais de salvamento para dar assistência às comunidades que sofrem com enchentes, deslizamentos e se encontram em estado de calamidade pública. A operação teve início na quarta-feira (16), com o envio de uma equipe especializada e veículos de resgate — três Marruás, caminhões utilizados em operações feitas em locais de difícil acesso, e uma moto aquática preparada para resgates em enchentes. A companhia deve atuar no resgate de automóveis e motocicletas, remoção de entulho, entre outras atividades para auxiliar os moradores da região.


Por sua vez, a Liberty Seguros enviou uma força-tarefa para prestar o auxílio necessário para a população, além de ajudar e apoiar corretores e clientes envolvidos no desastre. A seguradora tem uma grande frota segurada na região e a prioridade neste momento é retirar os veículos danificados das vias públicas, a fim de facilitar o trabalho dos bombeiros. Para tal, a companhia tem trabalhado com o prestador parceiro local e enviou reforços da capital para ajudar nos serviços. A Liberty também disponibilizou um atendimento ativo para abertura de sinistros e uma base de prestadores para qualquer emergência ou necessidade. Além disso, a equipe de Sinistros Auto, está em campo para iniciar o processo de regulação e agilizar ao máximo o processo de atendimento e definição do tipo de perda dos sinistros.


A Bradesco Seguros, através de Rodrigo Herzog, superintendente executivo de sinistros da seguradora, informou que a seguradora deu início a uma Operação de Apoio e agilidade na liquidação de sinistros, desenvolvida para quantificar e indenizar segurados envolvidos em tragédias naturais no menor prazo possível”.


Outras seguradoras do mercado se disponibilizaram a dar suporte às vítimas e aos segurados que são região afetada pela tempestade, através do envio de equipes de prestadores de serviços e afins.


Fonte: CQCS

5 visualizações0 comentário