top of page
Buscar
  • Foto do escritorProseg Seguros

Incêndio atinge casa, destrói imóvel e dois carros; veja como o Seguro poderia ajudar


No último dia (24), uma casa foi atingida por um incêndio, na cidade de Coromandel (MG). As chamas se espalharam rapidamente, danificaram a estrutura da casa, destruíram eletrodomésticos, móveis e queimaram dois carros que estavam na garagem da residência. A família não possuía seguro. As informações são do site G1.

Segundo o Corpo de Bombeiros da região, os residentes do imóvel conseguiram deixar o local no momento do incêndio e não se feriram. A água de dois caminhões-pipa foram usados no combate às chamas. Há suspeitas que o fogo tenha começado na garagem, porém nada foi confirmado.


Em entrevista ao CQCS, o Advogado, Corretor de Seguros e Diretor do Sincor-DF, Dorival Alves lembrou que o seguro residencial e o seguro auto são de suma importância para se ter mais segurança e que se adequem ao estilo de vida e às necessidades de proteção do consumidor. O seguro residencial, por exemplo, é um produto bastante acessível, com ótimo custo-benefício e diversas possibilidades de cobertura. “Podemos encontrar proposta de seguro residencial com o custo diário de apenas R$1,00 (um real) e lembrando que o seguro protege tanto a estrutura física quanto o que está dentro do imóvel. Lembrando que o custo do seguro vai depender das garantias e respectivas importâncias seguradas”, disse.


Dorival destaca ainda que o seguro residencial apresenta várias vantagens e com grande variedade de coberturas: contra incêndio, raios, explosões, roubo, furto, danos elétricos, impacto de automóveis ou aviões, porém com tantas opções de escolha, é preciso manter-se atento às necessidades e monte um plano que seja mais adequado ao seu perfil. “Por exemplo, caso você more em um bairro muito perigoso, que registra uma alta taxa de invasões a imóveis, você pode optar por uma cobertura contra roubos e furtos”, exemplificou.


Por fim, o especialista em seguros lembra que quando da ocorrência de um sinistro, o segurado deve comunicar imediatamente o seu Corretor de Seguros ou à seguradora e solicitar orientações sobre como formalizar o “aviso de sinistro” e o pedido de indenização. Caso ocorra um acidente ou roubo de bens, é necessário apresentar também o Boletim de Ocorrência (B.O).


“No presente sinistro, onde ocorreu o incêndio que destruiu a residência e os carros que estavam estacionados, é bom destacar que no presente caso temos dois tipos de ocorrências. O da residência e o do automóvel. É bom registrar que o seguro residencial cobre exclusivamente a residência e para garantia dos veículos incendiados ambos os carros têm que possuir a sua respectiva apólice de seguros ramo automóvel”, finalizou.

Como a família citada na matéria não possuía seguro residencial e nem seguro automóvel para os veículos destruídos, recorrem a uma “Vakinha” virtual (on-line) “Arrecadação pós incêndio”, ID da vaquinha: 3172579, solicitando ajuda financeira buscando amenizar os prejuízos.


Fonte: CQCS

4 visualizações0 comentário
bottom of page