Buscar
  • Proseg Seguros

Conheça cinco situações em que o seguro condomínio pode ajudar

Embora as coberturas de incêndio, desmoronamento e vendaval sejam importantes, existem ainda coberturas extras que podem ser fundamentais


Pela lei brasileira, os condomínios devem ter um seguro contra danos físicos que ampare destruições totais ou parciais do edifício. Embora as coberturas de incêndio, desmoronamento e vendaval, sejam importantes, existem ainda coberturas extras que podem ser fundamentais, de acordo com o perfil de complexo condominial, as quais oferecem à administração mais sustentabilidade financeira, e vantagens em relação ao custo-benefício dos serviços de manutenção e sinistro.


Veja a seguir cinco situações inusitadas, selecionadas por Antonio Santos, gerente de Ramos Elementares da Porto e especialista em seguro condomínio, em que o seguro pode te ajudar:


Imprevisto com reformas


Quando falamos em reformas, das mais simples às mais complexas, sabemos que sempre há o risco de nos depararmos com circunstâncias não esperadas. No caso dos condomínios, nos quais o orçamento normalmente é restrito, um gasto extra não previsto nunca é bem-vindo. Por isso, a Porto acaba de lançar uma cobertura adicional para reformas, a qual pode ajudar o síndico amenizar os gastos extras causados pelo dano indesejado. Essa cobertura ampara prejuízos ocasionados por reformas de melhoria e manutenção, não estruturais, como por exemplo, pinturas internas e de fachadas.


Garantia de aluguel em caso de inutilidade da unidade residencial ou comercial


Caso a unidade residencial ou comercial seja atingida por incêndio, vendaval ou tremor de terra, o morador pode ser impedido, e ocupar o imóvel devido à perda dos seus bens ou por motivos de segurança. Nesses casos, o seguro pode oferecer o pagamento do aluguel para inquilinos ou proprietários, evitando maiores prejuízos e transtornos.


Danos a terceiros ocasionados por portões e cancelas e danos ao próprio bem


Com a cobertura de responsabilidade civil para portões e cancelas, o segurado pode ser amparado em caso de danos causados a terceiros, condôminos e ao próprio portão/cancela (inclusive a veículos), por colisão, falha no manuseio e fechamento irregular, assim como defeitos mecânicos, desde que não decorrentes da falta de manutenção.


Apoio nas despesas fixas mensais quando houver determinação de desocupação


Existem situações, como incêndio, alagamento, desmoronamento, vendaval, impacto de veículos e interdição da rua (motivados por esses mesmos eventos em edificações vizinhas), que podem restringir o acesso ou obrigar a desocupação do condomínio e, consequentemente, a suspensão das cotas condominiais, o que prejudica o caixa que garante o pagamento das despesas fixas. Por meio da contratação da cobertura de despesas fixas, a seguradora garante o pagamento de despesas como: pagamento de salários dos funcionários, telefone, água, luz, entre outros.


Eventos externos no jardim


Os jardins fazem parte da área decorativa do condomínio e estão sujeitos a todas as interferências climáticas, as quais podem causar grandes danos e gerar gasto extra com serviços para a recuperação da área. Essa cobertura, exclusiva do Porto Condomínio, é destinada aos locais com grandes espaços de paisagismo, os quais podem contar com o amparo para as árvores, flores, hortas, esculturas, cascatas, chafarizes, mobiliários que estejam ao ar livre, sistemas de irrigação e iluminação destes espaços, em caso de incêndio, impacto de veículos, vendaval, queda de granizo, quebra de vidros, tumultos, roubo ou furto, desmoronamento e danos elétricos.


Fonte: Revista Apólice

2 visualizações0 comentário