top of page
Buscar
  • Foto do escritorProseg Seguros

Avança projeto que prevê seguro obrigatório para motorista de aplicativo


Já está na Comissão de Desenvolvimento Econômico, Indústria, Comércio e Serviços da Câmara o projeto de lei que limita em 10% o valor que as empresas de aplicativos cobram dos motoristas e obriga essas plataformas a contratar um seguro em favor desses, com indenização por morte, invalidez temporária ou permanente e despesas de assistência médica e suplementares. Segundo o autor da proposta, deputado Luis Tibé (AVANTE/MG), trata-se de uma questão de justiça social. “A intenção é aliviar, pelo menos em parte, essa relação injusta. Estamos prevendo que essas empresas de aplicativos sejam obrigadas a contratar um seguro em favor do motorista para garantir indenizações por morte, invalidez temporária ou permanente e despesas de assistência médica e suplementares. Estamos também proibindo que o valor do seguro seja descontado da remuneração do motorista”, explicou o parlamentar. Na comissão, o projeto tem como relator o deputado Augusto Coutinho (REPUBLIC-PE).

De acordo com o texto, o seguro deverá cobrir sinistros ocorridos durante a prestação dos serviços, sem que haja qualquer espécie de cobrança ou desconto do motorista beneficiário.


Fonte: CQCS

2 visualizações0 comentário
bottom of page